sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Sociedade dos olhos ocultos parte I

Viviam nus nesta sociedade onde podia-se mostrar o corpo mas devia-se ocultar os olhos. Usavam roupas contra o frio, mas quando o dia era quente, andavam despidos. Trabalhavam nus, casavam-se nus, iam nus ao supercmercado.

Porque o corpo é carne osso e sangue, e nesse quesito eram todos iguais.

Mas os olhos, ah! Os olhos são a alma, são o segredo mais profundo de um ser, e nenhum é igual ao outro. Então mostravam o corpo e escondiam os olhos.

Um olhar significava pacto eterno, jura perpétua, porque num olhar, um vê a alma do outro, e compartilha a sua, e as mistura, e almas não se separam facilmente, principalmente duas.

Então olhavam-se mãe e filho após a mágica da vida, mui amigos e amantes, e também inimigos mortais.

3 comentários:

Vitor Leite disse...

FAIL!

gargoyle.fun disse...

http://blog.uncovering.org/archives/2009/09/andreas_smetana_fotografias.html

gargoyle.fun disse...
Este comentário foi removido pelo autor.